Quem sou eu

Minha foto
Estudiosa das Tradições e Espiritualidade Femininas, Mitos, Contos de Fadas, Eco-feminismo e outros temas ligados ao Universo das Mulheres. Uma das precursoras e divulgadora da cultura celta e divino feminino no Brasil (há cerca de 17 anos desenvolve trabalhos na área). Em 1999, esteve na Irlanda onde teve a oportunidade de visitar e vivenciar os locais sagrados de nossos ancestrais celtas. Integrante de Tradições Espiritualistas, dentre elas: Druídica (por Emma Restall Orr - Inglaterra) e Alexandrian (por Edmundo Pellizari) e Xamânica Celta (John Matthews - Inglaterra) Nas ARTES: Praticante da Sagrada Dança do Ventre e Yoga. Atualmente estuda o estilo TribalFusion Bellydance. Cantora, baterista e guitarrista.

segunda-feira, junho 21, 2010

A cura da guerreira ferida

Texto essencial para entender a situação do arquétipo da Guerreira e o "masculino do feminino", como eu gosto de chamar nossa força ativa e "solar".
Ótima reflexão para reaprender a manejar a espada e o escudo com sabedoria... Como boas Atenas!

Beijos e Hail Atena!
P.


Guerreira para Deusa: Como transformar o feminino
Por Suzanna Kennedy


Guerreira para Deusa:


Há muitos tipos de mulheres em nossa sociedade, mas a que clama mais

alto para a cura, é A Guerreira Ferida. Vocês almejam se transformar

em Deusas, mesmo que poderiam não usar estas palavras para descrever o

seu desejo.



Quem é a Guerreira Ferida?

A Guerreira Ferida é poderosa, independente, autoconfiante e bem

sucedida - porque vocês têm que ser. Mesmo assim, vocês se ressentem

com toda a responsabilidade e obrigação que acompanha o seu papel.

Vocês são as únicas ao redor que resolvem tudo, e resolvem tudo bem

rápido e perfeitamente.



Vocês são amargas (pelo menos interiormente) em relação aos homens,

que vocês acreditam obter todas as rupturas, mas fazem pouco do

trabalho real. Vocês vêem os homens como o sexo mais fraco,

respondendo emocionalmente e agindo ilogicamente - quando eles agem,

de nenhuma maneira. Vocês pensam que os homens são somente bons para

uma coisa - mover os móveis. Bem, duas coisas, talvez.



Há muito tempo, vocês abandonaram a fantasia de um príncipe num cavalo

branco ou do Príncipe Encantado. Vocês são amargas, zangadas e algumas

vezes até interrompendo os seus relacionamentos com estes seres

masculinos inferiores. Vocês conscientemente ou agressivamente-

passivas buscam a desforra contra os transgressores masculinos nesta

sociedade patriarcal.



Vocês respeitam outras Guerreiras, apesar disso não têm tolerância por

mulheres “mais fracas”, que não carregam a espada da Guerreira. Vocês

são ou foram uma boa esposa e uma boa mãe, protegendo e sustentando a

sua família. Até agora, vocês expressam até estes papéis através da

postura de um guerreiro.



Vocês estão cansadas de lutar. Vocês exibiram as suas feridas da

batalha orgulhosamente no passado, mas agora que vocês crescem

entediadas com a conquista sua armadura é pesada e vocês ambicionam

removê-la para sempre. Vocês anseiam pela Deusa dentro de vocês; ainda

que acreditem, vocês não podem sobreviver sem a sua espada da

Guerreira. Deixem-me apresentá-las ao - poder da Deusa.



Deusa é bem simplesmente - a incorporação do Divino em um corpo

feminino. Ela tem discernimento e age com integridade. Ela tem uma

essência de paz interior que é inabalável. A Deusa irradia uma energia

que é tão poderosamente bela, amorosa e suave, que os outros são

atraídos para ela como um ímã.



Ela pode ter sido uma Guerreira Ferida em uma época, mas ela curou as

suas feridas. Ela liberou a raiva, a dor, o medo, a culpa e o

julgamento. Ela tem se libertado dos sentimentos de traição e de

abandono. Ela substituiu estas emoções vibracionalmente inferiores

pela compaixão e alegria. Ela transformou as suas crenças limitantes,

atitudes, e padrões de pensamento em uma aceitação amorosa por todos,

como eles são. Ela não tem necessidade de mudar alguém, pois ela vê o

Divino em todos os seres. Ela compreende que qualquer ataque é

simplesmente uma demonstração de medo. Ela se lembra do medo, e ainda

sabe como neutralizá-lo com seu fluxo ilimitado de amor.



A Guerreira Ferida e a Deusa - dois arquétipos femininos poderosos. Um

cansado e ferido; um radiante e curado. Como a Guerreira ficou ferida?

E como ela pode se transformar em uma Deusa?



Para responder a estas questões, vocês devem primeiro compreender como

a energia se move nos humanos.



O que são Padrões de Energia Masculinos e Femininos? .

A Energia tem padrões de movimento e nós podemos chamar um padrão

masculino, o outro feminino. O padrão masculino de movimento é

positivo (agressivo); ele inicia a ação. Olhem para a genitália

masculina como um exemplo. Ela está fora do corpo, ação orientada.

Recebe o prazer ao mover-se contra as paredes de um recinto cercado.



Nos humanos ele se expressa através da mente, como uma necessidade de

compreender, analisar, encontrar os limites, fazer planos e agir.

Nesta expressão mais elevada, a energia masculina adora dar, proteger,

e prover o conforto e segurança na realidade física. Todos os seres

humanos têm um aspecto masculino para eles próprios, algumas vezes

chamado de masculino interior.





É o útero - nutrindo e educando (alimentando) . A energia feminina se

expressa através do coração, através dos sentidos - usando a sua

criatividade para gerar um espaço exterior que é convidativo,

nutritivo e sensual.



Do mesmo modo, cada indivíduo tem um feminino interior. Este padrão de

energia é receptivo e compreensivo - um espaço aberto com fronteiras

definidas. Ainda que o espaço aberto seja escuro e misterioso. O

feminino é confortável com o desconhecido. Do mistério brota a

criatividade e a intuição.



Idealmente, cada indivíduo teria aspectos masculinos e femininos,

amadurecidos e saudáveis, trabalhando juntos como companheiros

semelhantes. Entretanto, raramente este é o caso. Quando os humanos

experienciam os tiros e flechas da vida, seus masculinos e/ou

femininos interiores se tornam feridos, e o seu desenvolvimento

interrompido. Então uma Guerreira ferida é uma mulher que expressa

predominantemente a energia masculina, porque o seu aspecto feminino

está ferido e disfuncional. Naturalmente um homem pode ser um

Guerreiro Ferido também.



Como vocês se tornam uma Guerreira?



Há várias possibilidades. Pode ter desenvolvido o sentimento de que

seu pai não forneceu a segurança e a proteção necessárias. Talvez seu

pai estivesse ausente emocional e fisicamente. Ou talvez vocês

tivessem um pai que expressou mais a energia feminina, não modelando

um arquétipo masculino amadurecido. Vocês podem ter se modelado

conforme a sua mãe ou outra mulher influente, que era uma Guerreira.



Vocês podem se sentir traídos ou abandonados por um ou ambos os pais.

Vocês podem sentir que vocês necessitam desempenhar o papel do

masculino e serem o provedor e o protetor da família.

Vocês podem ter decidido que vocês precisavam desenvolver qualidades

semelhantes ao Guerreiro, para sobreviverem no mundo dos negócios.

Seja qual for a razão, vocês colocam a armadura e lutam.



Vocês lutam por vocês mesmas, sua família, sua profissão,

reconhecimento e validação. Vocês acumulam feridas, cicatrizes da

batalha e conquistas, também. Seu ego está sobrecarregado e a sua alma

grita pelo isolamento.



Como o Ego opera?

O ego tem recebido uma punição. Algumas disciplinas psicológicas e

espirituais sugerem que vocês deveriam suprimir todo o seu ego ou até

matá-lo. Mas o seu ego desempenha um papel muito importante quando

vocês estão em um corpo físico, neste planeta. O trabalho do seu ego é

protegê-los. Momento a momento, o seu ego examina cuidadosamente o seu

banco de dados, acumulados no DNA de suas células, e as memórias

(conscientes ou subconscientes) , que são similares à situação na qual

vocês estão correntemente engajados. Se o ego encontra qualquer

memória similar à situação atual que resultou na ferida do seu ser,

ele tenta protegê-los de serem feridos novamente..



Vocês têm uma flexibilidade de armazenar dados de memórias

subconscientes guardados em seu DNA de seus ancestrais. Algumas

culturas acreditam que vivemos outras existências, e estas memórias

estão guardadas em seu DNA, também.



Com toda esta história, quando o ego faz uma varredura, ele quase

sempre encontra uma situação similar, onde vocês foram feridos. Então

ele ergue as defesas para evitar que vocês sejam feridos novamente.



Ele pode levantar sentimentos de medo e de dúvida. Ele pode iniciar

pensamentos, crenças ou memórias que os distraem de participar da

situação. Algumas vezes, ele criará obstáculos que os impedirão de

participarem, tais como limitações de tempo, reveses financeiro e até

doenças. Ele fará qualquer coisa para protegê-los. E estas defesas os

deixam limitados para reagirem da mesma maneira que vocês sempre têm.

E adivinhem o que? Se vocês reagirem do mesmo modo, vocês obterão os

mesmos resultados. Nenhuma experiência nova pode vir disto. Vocês não

podem crescer com isto. Vocês estão casados com a monotonia.



Como a Alma usa a Lei da Atração?

A razão de vocês encontrarem situações prejudiciais é devido a energia

prejudicial que está guardada dentro do seu DNA.

Sua alma está sempre buscando trazê-los de volta à saúde e alegria.

Então ele tenta liberar a energia escondida e suprimida.

Ela usa a lei da atração (semelhante atrai semelhante), para

magnetizar as pessoas e situações para vocês que acionarão a

oportunidade para liberar.



É por isso, que como uma guerreira ferida, vocês atraem homens

feridos. Eles provocam vocês e lhes dão a oportunidade de clarear e

liberar esta energia guardada. Vocês podem clarear a energia

prejudicial no DNA. E quando vocês o fazem, vocês começam a se mover

através de sua vida sem a memória celular danosa.



O trabalho do seu ego é muito mais fácil, porque não há energia

prejudicial para ser liberada - vocês não estão mais atraindo

situações dolorosas. E quando vocês se movem para uma situação nova, e

o seu ego escaneia as memórias dolorosas, ele não pode encontrar

nenhuma. Então o seu ego lhes permite moverem-se para novas

experiências, sem limitações.



Como a Guerreira se transforma em Deusa?

É um processo de quatro passos:

1- União Sagrada do Masculino Interior e do Feminino Interior

2- União Sagrada do Ego e do Espírito

3- Nascimento do Humano Divino

4- Relacionamentos de União Sagrada

União Sagrada do Masculino Interior e do Feminino Interior.

A Sagrada União do Ego e do Espírito.

O seu ego ou a imagem criada da mente, está associado com o corpo

mental. O seu ego protege o seu corpo físico, e também protege e

mantém a sua auto-imagem e os seus sistemas de crenças. Seu trabalho é

manter tudo igual. Então, quando vocês tentam crescer e se expandir,

especialmente emocional ou espiritualmente, o seu ego, em um esforço

de manter o status quo (estado atual), sabotará os seus esforços de

auto-aperfeiçoamento. O ego usa as energias da raiva, medo, culpa,

julgamento e dor como estratégias para proteger a sua auto-imagem.



Nascimento do Humano Divino

Os geneticistas encontraram o que eles se referem a como “DNA de

sucata”. Este é o material genético que parece não estar ativado no

momento e eles não podem imaginar o seu propósito. Mas isto não é

lixo! Estes são cordões de DNA que uma vez conectados e ativados,

podem lhes dar habilidades que vocês poderiam considerar como

metafísicas. Estas habilidades incluem percepção extra-sensorial,

rejuvenescimento, imortalidade, telepatia, psico-cinesia, acesso às

informações e comunicação de outras dimensões, teletransportação,

bilocação, e manifestação instantânea.

Em tempo, vocês evoluirão e terão as mesmas habilidades atribuídas às

deusas dos mitos antigos. E se estas figuras míticas fossem seres

reais? Talvez elas fossem seus ancestrais antigos, de outro lugar ou

de outra dimensão. Talvez todos os 12 cordões do DNA estivessem

conectados e ligados, e elas pareciam como deusas para os seres de 2

cordões. Talvez de alguma maneira em nossa história, o nosso DNA foi

desconectado ou desordenado. Pode este DNA extra ser reconectado e

ativado? Aqui está a parte surpreendente: O DNA e as realidades

holográficas são mutáveis.



Quando vocês mudam os registros, a realidade holográfica que vocês

chamam sua vida, deve mudar para se alinhar com os registros. Se vocês

mudarem as imagens holográficas, vocês mudarão os registros. Durante o

seu Nascimento Divino, vocês podem reescrever o script de sua vida e

até encobrir o script familiar antigo. Em tempo, o script antigo se

dissolve e o novo assume. Uma vez que vocês estejam expressando Quem

Vocês Realmente São como uma Deusa, vocês podem querer se mover para o

quarto estágio e manifestarem uma parceria íntima com outro Humano

Divino. Ou vocês podem querer formar parcerias de União Sagrada para

expressão criativa ou serviço prazeroso para o Planeta.



Relacionamentos de União Sagrada -

Quando vocês incorporarem a sua Divindade, verão mudar a natureza de

todos os relacionamentos. Vocês se sentirão plenos e completos, e não

mais olharão para outra pessoa para completar vocês. Isto tem muitas

implicações. Um resultado é que se soltam da carência, da posse, da

busca e do apego. Há uma confiança pacífica que se estabelece. Vocês

começam a sentir que cada relacionamento é uma União Sagrada, porque

vocês reconhecem a Divindade dentro de vocês e de todos os outros.



Vocês vêem o Ser Divino em todas os outros rostos e confiam que

enquanto as fisionomias fluem para dentro e para fora de sua vida,

cada uma traz a sua própria maneira de refletir a sua compaixão para

vocês. Vocês têm um sentimento de imparcialidade para as formas que os

relacionamentos assumem. Há um novo sentido de liberdade e aceitação

para os relacionamentos mudarem e alterarem a forma. Se vocês

escolherem, vocês podem convocar uma Parceria Íntima de União Sagrada

ou elevar a sua parceria atual para o status de União Sagrada. Se esta

for a sua escolha, ela serve para tornar muito clara acerca do que

vocês querem em um companheiro ou em um relacionamento. Convocar um

Companheiro Íntimo de União Sagrada é um processo de criação.

Claridade mental na União Sagrada com o coração - sentir gratidão,

atrairá o desejo do seu coração.

Seu time espiritual poderia lhes dirigir para um facilitador para

navegar e testemunhar esta transformação. Escolham alguém que esteja

sempre irradiando e demonstrando a clara energia da Deusa em sua

própria vida, já que ela pode transmitir uma energia de alta

freqüência e assistir na transformação graciosa da Guerreira Ferida

para Deusa.



Como reconhecer uma Deusa

A Deusa se libertou de tudo o que não é divino. Ela desfruta e

expressa a sua feminilidade com coragem. Ela acha que tanto os homens,

quanto as mulheres estão mais confortáveis para trabalhar e brincar do

que antes. Ela se liberou de seus sentimentos suprimidos de traição e

de abandono e irradia a energia da confiança. Então outros se tornam

acessíveis, baixam as suas defesas, e ela extrai a lealdade e a

integridade deles.



Ela trata aos outros com compreensão e gentileza. Entretanto, ela é

perceptível e sabe como traçar os limites, quando apropriado. Ela fala

a verdade, do seu coração, com respeito, honrando os sentimentos e os

outros.

A Deusa carrega uma energia particular, mais elevada, uma vibração

mais rápida em seu campo eletro-magnético. Ela criou um ambiente em

seu corpo que magnetiza as energias Divinas mais refinadas. O seu

corpo se torna uma torre de rádio que ancora as energias celestiais de

compaixão profunda e de alegria na Terra e então a irradia para fora,

em todas as direções.



Há muitos aspectos da Deusa. Ela pode ser como Ísis, expressando o

aspecto da Mãe Criadora. Ela pode expressar Afrodite; o aspecto da

companheira amorosa, sensual e sexual. Ela pode expressar Kali, a

destruidora que não esta mais à serviço. Ela pode expressar uma Deusa

Guerreira, a protetora que sabe como arrancar e proteger fronteiras. A

diferença agora é que ela está curada e inteira, podendo ela recorrer

a qualquer aspecto da Deusa que sirva melhor para ela em qualquer

momento. Ela não se limita mais em agir somente fora da parte da

Guerreira Ferida.



Ela irradia a energia da União Sagrada dentro dela mesma, e isto atrai

um companheiro de União Sagrada para ela no mundo físico. De acordo

com o Momento Divino, naturalmente, ela atrairá um Deus para saudar a

sua Deusa.



A Lei da Atração opera para atrair outros que são da mesma energia e

consciência. Em breve, ela se encontra cercada por Deuses e Deusas -

todos vivendo harmoniosamente no Paraíso na Terra que eles criaram de

suas energias equilibradas do Amor Divino, Sabedoria Divina e Poder

Divino. Minha história: Em meu próprio caso, quando eu me

interiorizei, vi que meu feminino interior estava encolhido, no fundo

de uma caverna escura. Ela estava suja e assustada, e tinha cerca de

seis anos. Meu masculino interior era um gigante Rei Guerreiro - forte

e sempre na defensiva. Foi com esta imagem que vim a compreender como

eu tinha me tornado uma Guerreira Ferida - um Rei Guerreiro no corpo

de uma mulher. O feminino interior era totalmente incapacitado e não

funcional.



Eu sei que o meu Rei Guerreiro estava muito cansado. Ele mesmo tinha

carregado a responsabilidade por existências. Ele estava cansado de

usar somente a sua mente e a força física para dominar o mundo. Ele

ansiou por esta rainha para contribuir com seus presentes da intuição

e criatividade, em uma parceria igual. Seu objetivo mais recente era

criar um ambiente seguro para ela sair da caverna, crescer e ver Meu

Rei Guerreiro submeteu-se a uma busca. A busca era livrar à si mesmo e

a sua rainha criança, dos sentimentos passados, atitudes, crenças e

memórias celulares que os mantinham presos, aos padrões de pensamento

e de comportamento limitados. que o mundo era mais uma vez, um lugar

seguro para ela expressar a sua feminilidade.



Enquanto ela absorvia esta apreciação, ela começou a se transformar.

Ela começou a crescer, a partir de uma criança de seis anos, através

da adolescência, da puberdade, para a mulher amadurecida. Enquanto ela

se transformava, meu masculino interior assistia e observava em

fascinação e excitação crescentes. Sim, sim, isto é por isso que ele

estava esperando.

Ela cresceu em uma bela mulher e posicionou-se para encarar o Rei

Guerreiro. Eles olharam fixamente nos olhos, um do outro. Ela lhe

agradeceu por toda a sua paciência, bondade, e por conduzir por tanto

tempo sem ela. Ela agradeceu-lhe por sua proteção e por criar um

ambiente seguro. Eles se abraçaram e saíram para o pôr-do-sol,

presumivelmente para apreciarem a sua lua de mel.



Então, meu Rei Guerreiro, conduziu-me às técnicas que me ajudaram a

clarear, clarear, clarear, toda a energia presa e suprimida. E então,

como uma validação, eu encontrei um homem que espelhou para mim - meu

novo Eu. Nós tivemos um relacionamento curto, mas muito prazeroso. Ele

era equilibrado em seus aspectos masculinos e femininos. Em nosso

relacionamento, ele expressou o aspecto masculino - iniciando o nosso

tempo juntos, fazendo os planos, fornecendo um ambiente para que nós

explorássemos um ao outro.

Pela primeira vez em minha vida eu cedi e permiti a um homem tomar o

comando. Ele me disse o que ele queria e o que pensava sobre as

coisas. Eu lhe disse como eu me sentia acerca do que ele dizia e

queria. E ele respeitou os meus sentimentos. Ele fez as correções

necessárias para permitir-me sentir segura e estimada.

Quando eu refleti sobre o nosso relacionamento, eu notei a diferença

entre este e todos os meus relacionamentos passados. Eu reconheci do

quanto eu me agradei ao expressar a energia feminina neste

relacionamento. E quando eu fiz isto, eu vi meu o feminino interior

levantar-se e prestar atenção. Ela saiu da posição fetal, no fundo da

caverna e dirigiu-se para a luz solar. Ela aqueceu-se na energia da

minha apreciação da minha feminilidade.



Desde este tempo, a minha criatividade e intuição têm aumentado

tremendamente. Foi-me dado o presente da cura para compartilhar com os

outros. Eu experienciei uma concepção imaculada de um projeto para

criar a União Sagrada, a qual eu chamo de Elevação Humana Divina. Meu

masculino e feminino interior agora trabalham juntos na União sagrada

como companheiros iguais. Eu os vejo sentados, unindo-se em tronos

dourados, lado a lado, governando o reino com poder, sabedoria e

compaixão. Eu atraí um Companheiro de União Sagrada, que expressa o

Masculino Divino em nosso relacionamento. A nossa União Sagrada é mais

feliz do que eu jamais imaginei ser possível.



Suzanna Kennedy

email:

suzannak@verizon. net

Fonte: Reality Crafting.

Tradução para o Português: Regina Drumond : reginamadrumond@ yahoo.com. br

Revisão/Formatação: Silvia Tognato Magini silvia.tm@uol. com.br

Nenhum comentário: